| Sacramentos

Efeitos do sacramento da confirmação

Por ocasião da festa de Pentecostes que se aproxima, partilhamos algumas considerações acerca do Sacramento do Crisma...

Propriedades da Unção

A unção, no simbolismo bíblico, é rica de numerosos significados: o óleo é sinal de abundância e de alegria[20]; ele purifica (unção antes e de­pois do banho) e amacia (unção dos atletas e dos lutadores); é sinal de cura, pois ameniza as contusões e as feridas[21], e faz irradiar beleza, saúde e força. Desse modo, a unção, antes do batismo, com óleo dos catecúmenos, significa purificação e fortaleci­mento; a unção dos enfermos exprime a cura.

Consagração

A unção com o óleo do crisma depois do Batismo, na Confirmação e na Ordenação, é o sinal de uma consagração. Pela Confirma­ção, os que são ungidos, participam mais intensamente da missão de Jesus e da plenitude do Espírito Santo, de que Jesus é plenificado, a fim de que toda a vida deles exale “o bom odor de Cristo”[22].

Como o Batismo, a Confirmação é dada uma só vez. Pois a Confirmação imprime na alma uma marca espiritual indelével que caracteriza a pessoa. Esse caráter é o sinal de que Jesus Cristo assinalou um cristão com o selo do seu Espírito, revestindo-o da força do alto para ser sua testemunha[23].

Caráter

Pela unção, o confirmando recebe uma marca que é o selo do Espírito Santo. O selo é o símbolo da pessoa, sinal da sua autoridade, da sua propriedade sobre um objeto[24]. O caráter, pois, diz respeito à identidade mais profunda da pessoa. Assinalado pelo sacramento, o cristão fala com autoridade de Deus. O ungido pertence a Deus. Deus é o nosso Senhor. O caráter autentica a pessoa e dá credibilidade à sua ação apostólica. É sinal de compromisso e envolvimento com a causa de Cristo. A causa de Cristo se torna a causa de todo cristão.

O caráter coloca a pessoa à serviço do Evangelho

Cristo mesmo se declara marcado com o selo de seu Pai[25]. Também o cristão está marcado com um selo: “Aquele que nos fortalece convosco em Cristo e nos dá a unção é Deus, o qual nos marcou com um selo e colocou em nossos corações o penhor do Espírito”[26]. Este selo do Espírito Santo marca a pertença total a Cristo, a mobilização para o seu serviço, para sempre, mas também a promessa da proteção divina na grande provação escatológica[27].

O caráter aperfeiçoa o sacerdócio comum dos fiéis, recebido no batismo, e o “confirmado recebe o poder e a obrigação de confessar a fé de Cristo publicamente[28]. Doravante, poderá dizer “Jesus é o Senhor” pois possui o dom do Espírito[29].

Efeitos da Confirmação

O principal efeito do sacramento da Confirmação é a efusão do Espírito Santo, como foi outorgado outrora aos Apóstolos no dia de Pentecostes. O Catecismo da Igreja Católica ensina que a Confirmação produz crescimento e aprofundamento da graça batismal: enraíza-nos mais profundamente na filiação divina, que nos faz dizer Abba, Pai[30]; une-nos mais solidamente a Cristo; aumenta em nós os dons do Espí­rito Santo; torna mais perfeita a nossa vinculação com a Igreja[31]; dá-nos uma força especial do Espírito Santo para difundir e defender a fé pela palavra e pela ação, como verdadeiras testemunhas de Cristo, para confessar com valentia o nome de Cristo e para nunca sentir vergonha emrelação à cruz.


Autos: Con. José Adriano

Marcos Eduardo Melo dos Santos