| Região Episcopal Santana

Padres mexicanos evangelizam paróquias na Casa Verde e no Tremembé

Dom Sergio de Deus Borges, bispo auxiliar da Arquidiocese na Região Santana, empossou dois padres mexicanos

Dom Sergio de Deus Borges, bispo auxiliar da Arquidiocese na Região Santana, empossou os padres mexicanos José de Jesus Lamas Lizárrago, como pároco da Paróquia Nossa Senhora das Graças, dia 5, e Salvador Ruiz Armas, dia 11, como administrador paroquial da Paróquia São Domingos Sávio.

Padre José nasceu em 17 de Maio de 1972, na cidade de Culiacán, no México, numa família de 13 filhos.

Sendo jovem estudioso, formou-se em advocacia, em 1996. A vocação sacerdotal o arrastou, em 2004, para o Mosteiro dos Monges Cistercienses, em Chada, no Chile, cujo abade era Dom Edmilson Caetano, hoje, Bispo de Guarulhos (SP), para se tornar noviço. Depois, foi transferido para o mosteiro de São José do Rio Pardo (SP), quando foi ordenado padre em 25 de janeiro de 2013, e, em seguida, nomeado pároco da Paróquia Santuário de São Roque, junto ao mosteiro. Depois de um tempo, voltou para sua cidade natal para cuidar de seus pais já idosos.

Padre José substitui, atualmente, outro monge cisterciense, Padre Agostinho Zacchetti, que ali foi pároco por 33 anos dedicados ao povo de Deus.

Em sua posse estava presente Dom Hélio Porto, abade da Abadia Nossa Senhora de São Bernardo.

Já Padre Salvador nasceu, em 25 de Janeiro de 1973, na Cidade do México (México), de uma família cristã composta por mais outros seis irmãos. Sua avó, uma comprometida catequista e que participara da Guerra Cristera (perseguição dos cristãos no México de 1926-1929), soube motivar sua vocação sacerdotal, e com 15 anos ingressou na Pia Sociedade de São Paulo (Paulinos).

Ordenado diácono, em 2002, foi transferido para a comunidade paulina de Los Angeles, (Estados Unidos), e ali recebeu o sacerdócio, no dia 13 de setembro de 2003, pelas mãos do cardeal Dom Roger Mahony, na Catedral Our Lady of the Angels de Los Angeles.

No inicio de 2005 foi nomeado responsável pelo apostolado nos Estados Unidos, com sede em Miami, Florida.

Em 2005 retorna ao México para cuidar da formação paulina na cidade de Guadalajara. De 2006 a 2010, foi diretor provincial das Edições Paulinas, na Cidade do México, onde fez mestrado em desenvolvimento humano, na área de Psicologia na Universidade Ibero-americana.

Foi transferido para São Paulo (SP), onde exerceu até 2015, a secretaria do Centro Ibero-americano dos Editores Paulinos, quando pediu para sair da congregação e se tornar padre diocesano. Acolhido, em março de 2016, na Arquidiocese de São Paulo, Região Santana. Colaborou como Vigário paroquial da Paroquia Sant’Ana e é assessor regional da Pastoral da Comunicação (PASCOM).

Diácono Francisco Gonçalves Colaborador de comunicação da Região Santana