menu

| Região Santana

Maria, a Mãe da evangelização!

No artigo do mês de Maio, Dom Sérgio, nos fala, para nos espelharmos em Maria na atividade de evangelização.

 
Maria, a Mãe da evangelização!
 
O Papa Francisco conclui a Exortação Apostólica, a Alegria do Evangelho, afirmando que a Igreja precisa de evangelizadores com espírito. Diz ele: ‘evangelizadores com espírito quer dizer evangelizadores que se abrem sem medo à ação do Espírito Santo’ (EG 259).
Como modelo de evangelizador com espírito, o Papa nos apresenta a Virgem Maria: ‘juntamente com o Espírito Santo, sempre está Maria no meio do povo. Ela reunia os discípulos para invocá-lo (At 1,14) e assim tornou possível a explosão missionária que se deu no Pentecostes. Ela é a Mãe da Igreja evangelizadora e, sem Ela, não podemos compreender, cabalmente, o espírito da nova evangelização’ (EG 284).
O Santo Padre convida todos os discípulos missionários a olhar para este modelo, a olhar para Maria e fomentar um estilo mariano na atividade evangelizadora da Igreja, onde se reconhece e se acredita na força revolucionária da ternura e do afeto:
“Fixando-A, descobrimos que aquela que louvava a Deus porque derrubou dos tronos os poderosos e aos ricos despediu de mãos vazias é a mesma que assegura o aconchego de um lar à nossa busca de justiça. E é a mesma, também, que conservava – cuidadosamente –todas estas coisas, ponderando-as no seu coração.  Maria sabe reconhecer os vestígios do Espírito Santo de Deus tantos nos grandes acontecimentos como naqueles que parecem imperceptíveis. É contemplativa do mistério de Deus no mundo, na história e na vida diária de cada um e de todos. É a mulher orante e trabalhadora em Nazaré,mas é também Nossa Senhora da prontidão, a que sai às pressas de seu povoado para ir ajudar os outros” (EG 288).
 
Nós, discípulos missionários, neste mês especialmente dedicado à Mãe querida e abençoada, modelo de todos os discípulos missionários, somos convidados a voltar nosso olhar para Ela e, com o coração cheio do Espírito Santo, suplicar que nos conceda a força de Deus para seguir o seu exemplo e fazer de nossa Comunidade, nossa Paróquia um ‘lugar’ de irradiação missionária, onde não há espaço para o cansaço espiritual e a falta de sensibilidade em relação aos irmãos, principalmente os mais frágeis. 
Assim, com a intercessão da Virgem Maria e imbuídos do estilo mariano, seremos verdadeiramente discípulos missionários com espírito, ocupados numa atividade evangelizadora ousada, capazes de buscar novos caminhos e vermos na cidade, no nosso bairro, nas periferias e na rua onde vivemos grandes oportunidades  para levar o Evangelho da alegria, o Evangelho da vida que vence a morte, para que ninguém fique privado do encontro salvador com o Filho amado de Deus e da Mãe abençoada.
 
Dom Sérgio de Deus Borges